Agulhas fagulhas

vísceras míseras

pimenta inventa

lua tua

jardins jasmins.

Palavra poema?

Penso, logo existo, não é verdade não. Eu existo é no pensamento de alguém.

Flor desenho papel música silêncio passarinhos singular plural tudo.

Eu, você:

rimamos.

Podia ser pelo fonema, mas não. Não é por causa da estrofe, do ritmo ou do som. Nem do verso. Não. Nem dos sonhos. Também não.

Eu rimo você: com amor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *