Sobeja
feito corpo cheio até a borda
suspensa
onda gota água e
um pouco de sal.
Paredes e muros e portas
comportas enferrujadas.
Escala pelos joelhos a umidade o musgo o tempo todos os rios que correm para o mar
e
esquecida de mapas
deixa-se navegar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *