Entre os dedos, o sol
o sal o dia.
a noite que some entre sonhos
desperta no soprar de uma chuva distante.
Des
per
ta
Distante.
Entra o sol pelos dedos
na sombra entre as pernas
devora
deflora
demora
essa chuva que
molha.
A bússola marca hora
e meia
de corpo inteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *