e um verde crescia de dentro pra fora
a lavanda saía da boca
na ponta dos dedos, alecrim e tão pouco de mim:
era eu e não mais
nem menos
Entre os braços
vento…
…venta
sopra de longe uma saudade
que vem
vem
era nu
vem
Vem
da nuca
das costas
do dorso
(con)torço
contorno cintura
e viro tempestade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *